WORLD TRADE CENTER MEMORIAL SITE 11/09/2001
www.worldtradecenterpt.com

Página Inicial WorldTradeCenterpt.com Notícias Memorial WebMail FAQS Newsletter Links Mapa do Site Contactos

World Trade Center ► 11 de Setembro de 2001



World Trade Center


Os ataques liderados pelo terrorista Mohamed Atta causaram pânico em todo o planeta!!
Quando a Torre Norte foi atingida pelo avião 767 da American Airlines às 8:45 da manhã, as pessoas da Torre Sul receberam os avisos de emergência para descer, quando chegaram no lobby, estranhamente foram barrados pelos policiais do WTC que afirmavam que o predio estava seguro e que todos podiam voltar para seu serviço.
A maioria voltou para seus escritorios esperando um novo chamado.
Muitos deles ligaram para seus familiares afirmando que iriam continuar na Torre Sul e que ela estava segura, no entanto, as 9:03 da manhã o avião 757 da United Airlines chocou com a Torre Sul atingindo do 78º andar ao 83º andar.
Ás 9:10 da manhã o serviço de segurança de Nova York ordenou a evacuação total do predio.
Muitas pessoas na Torre Sul morreram pois acreditavam que seriam resgatados nos seus próprios escritorios sem ter que enfrentar o pânico de 1993.
Todas as pessoas que ficaram nos andares acima da zona do impacto da Torre Norte morreram e na Torre Sul sobreviveram apenas 18 pessoas, pois acharam uma escada intacta que levava até o lobby do prédio.

No dia 12 de setembro, o WTC7 é implodido pela Administração do Porto por estar em risco de desabamento devido aos estragos causados na sua base pela queda das Torres Gêmeas.
Alguns dias depois os outros quatro prédios do complexo: WTC3 (Hotel Marriott), WTC4, WTC5 e WTC6 foram demolidos pelo risco iminente de desabamento.

A bomba cai sobre o prefeito...
O prefeito da cidade de Nova York, Rudolph Giuliani, foi avisado dos ataques às 8:58 da manhã (12 minutos depois do choque na Torre Norte).
Imediatamente ordenou à toda a polícia e ao Corpo de Bombeiros que fossem até as Torres Gêmeas, ordenou a paralização geral dos metrôs que passavam debaixo do complexo.
Quando foi ordenado o fechamento dos aeroportos de Nova York, o vôo 175 da United Airlines que havia decolado já estava em direção às torres.
Depois dos atentados de 11 de setembro, Rudolph Giuliani deixou o governo da cidade com um dos piores níveis de popularidade de toda a história dos Estados Unidos.

Chegada dos primeiros bombeiros...
O primeiro bombeiro a chegar às Torres Gémeas foi o comandante Pfeifer que estava a vistoriar um vazamento de gás nas proximidades destas.
Ele foi filmado por um jornalista que fazia um documentário sobre a vida de bombeiro em Nova York.
As imagens mostravam o avião 767 da American Airlines ao chocar com a Torre Norte, imagens que foram mostradas alguns dias depois no mundo inteiro e consideradas as primeiras cenas do ataque daquele dia.
O comandante Pfeifer chegou no lobby da Torre Norte às 8:48 da manhã, 2 minutos depois do choque do avião.

World Trade Center


Ataques de 11 de Setembro de 2001

World Trade Center


Os atentandos de 11 de setembro foram uma série de ataques contra alvos civis nos Estados Unidos em 11 de Setembro de 2001.
Na manha deste dia, quatro aviões comerciais foram desviados, sendo que dois deles colidiram contra as torres do World Trade Center em Manhattan, Nova York.
Um terceiro avião, American Airlines Flight 77, foi reportado pela autoridades norte-americanas como tendo sido intencionalmente derrubado contra o o Pentágono pelos sequestradores, no Condado de Arlington, Virgínia.
Os destroços do quarto avião, United Airlines Flight 93, foram vistos espalhados num campo próximo de Shanksville, Pensilvânia.
A versão oficial apresentada pelo governo norte-americano reporta que os passageiros enfrentaram os supostos sequestradores e que durante este assalto o avião caiu.
Os atentados causaram a morte de 2973 pessoas e o desaparecimento de 24 pessoas.

Desde a Guerra de 1812, esse foi o primeiro ataque de efeitos psicológicos e altamente corretivos imposto por forças inimigas em território americano.
Embora ainda não declaradas as respectivas autorias, esse inimigo invisível deixou um saldo de mortes próximo a 3000, ainda sem reivindicação de autorias permanece até hoje um mistério.
Mesmo se tratando de vitimas inocentes, para se ter uma idéia quantitativa de seu arrasador resultado, só o ataque em si excedeu o saldo de aproximadamente 2400 militares norte-americanos mortos no ataque sem um aviso prévio dos japoneses à base militar de Pearl Harbor em 1941, além disso, essa terrível demonstração de impunidade tudo indica que foi caprichosamente planejada e direcionada aos ícones americanos, praticado impunemente tendo como arma simples aviões de carreira, o ato agravou-se muito mais por ter sido transmitido ao vivo pelas cadeias de TV do mundo inteiro com a própria tecnologia americana, tal ataque ainda sem precedentes em toda a história da humanidade, que feriu profundamente o orgulho americano, superou em muito o efeito moral imposto às tropas americanas pela força aérea japonesa.

Os ataques

Os ataques envolveram o sequestro de quatro aviões de passageiros:
● American Airlines Flight 11, um Boeing 767-223 partiu de Boston, Massachusetts com destino a Los Angeles, California as 7:59.
Colidiu com o lado norte da torre norte (North Tower) do World Trade Center entre os andares 94 e 98 as 8:46:26, hora local a uma velocidade aproximada de de 789 km/h.
Neste avião viajavam 81 passageiros, nove assistentes de bordo e dois pilotos.
● United Airlines Flight 175, um Boeing 767-222, partiu de Boston, Massachusetts com destino a Los Angeles, Califórnia as 8:13, hora local.
Colidiu com o lado sul da Torre Sul (South Tower) do World Trade Center entre os andares 78 e 84 as 9:02:54, hora local a uma velocidade superior a 805 km/h.
2 pilotos, 7 assistentes de bordo e 56 passageiros viajavam a bordo deste avião.
● American Airlines Flight 77, um Boeing 757-223 partiu de Dulles, Virgínia com destino a Los Angeles, Califórnia as 8:20, hora local ( com 10 minutos de atraso).
E geralmente aceite que este avião colidiu com o Pentágono.
O Pentágono afirma que a colisão ocorreu as 9:37, hora local.
Neste avião viajavam 58 passageiros, 4 assistentes de voo e 2 pilotos.
● United Airlines Flight 93, a Boeing 757-222 partiu de Newark, New Jersey com destino a Sao Francisco, Califórnia. Os destroços deste avião foram encontrados espalhados num campo próximo de Shanksville, Pensilvânia.
Neste avião viajavam 38 passageiros, 5 assistentes de bordo e 2 pilotos.
Este avião teria possivelmente sido abatido ou caido devido a confronto directo entre os passageiros revoltosos e sequestradores.
A queda do avião deu-se as 10:06, hora local.

Os mortos nos ataques de 11 de Setembro de 2001 foram milhares: 265 nos aviões; pelo menos 2602 pessoas, incluindo 242 bombeiros, no World Trade Center e 125 no Pentágono. 3234 pessoas foram mortas.
Além das Torres Gêmeas de 110 andares do World Trade Center, cinco outras construções nas proximidades do World Trade Center e quatro estações subterrâneas de metrô foram destruídas ou seriamente danificadas.
No total, foram 25 prédios danificados em Manhattan.
Em Arlington, uma parte do O Pentágono foi seriamente danificada pelo fogo e outra parte acabou desmoronando.

Alguns passageiros e tripulantes puderam fazer chamadas telefônicas dos vôos condenados veja Comunicação durante os ataques de 11 de Setembro.
Eles relatavam que vários Organizadores dos ataques de 11 de setembro seqüestradore estavam em cada avião.
Um total de 19 seqüestradores foram posteriormente identificados, cinco na maioria dos vôos, quatro no vôo 93 da United.
Segundo informações, os seqüestradores assumiram o controle das aeronaves usando facas para matar as atendentes de bordo, pilotos, e/ou ao menos um passageiro.
No vôo 77 da American Airlines, um dos passageiros relatou que os seqüestradores usavam punhais.
Foi relatado o uso de algum tipo de spray químico nocivo, chamado gás de efeito moral para manter os passageiros longe da primeira classe nos vôos 11 da American Airlines e 175 da United Arlines.
Ameaças de bombas foram feitas em três aviões, mas não no 77 da American.

AméricaCapitólio ou a Casa Branca em Washington, DC!!
As gravações da caixa preta revelaram que os passageiros tentaram assumir o controle do avião dos seqüestradores, e como chacoalhar o avião não foi o suficiente para subjugar os passageiros, os seqüestradores derrubaram o avião num descampado entre Shanksville e Stonycreek Township no Condado de Somerset, Pensilvânia, às 10:03:11 da manhã, horário local (14:03:11 UTC), some-se aos acontecimentos a possibilidade da quarta aeronave ter sido abatida em vôo pela força aérea americana o que também explicaria o chacoalhar da aeronave na tentativa inútil de desviar dos caças, esta notícia divulgada no início mas depois suprimida dos noticiários, seria a única explicação ao padrão de destroços da quarta aeronave distribuídos em inúmeras localidades.
O próprio espalhamento dos destroços sugerem que, antes do impacto com o solo, houve de fato uma desintegração da fuselagem da aeronave ainda em vôo, possivelmente causada por uma explosão no ar resultado da ação de abate provocada por míssil ar-ar ou de forma indireta, devido ao desgaste estrutural prematuro causado pela alternância da ação centrípeta que foi submetida a aeronave em fuga.
Teoriza-se que a difícil decisão para abater uma aeronave civil, com vidas humanas a bordo teria partido do presidente Bush, que se viu na difícil posição de ordenar o ataque e abater a aeronave sobre uma aérea desabitada ou esperar que mais uma possível incursão kamikaze contra outra instituição governamental fosse concluída e mais vidas perdidas, além das que já estavam a bordo.

11 de Setembro...

Era uma terça-feira, e os vôos domésticos nos Estados Unidos carregam poucos passageiros no meio da semana, portanto tornando um vôo mais fácil de ser seqüestrado.

Responsabilidade...

Em 29 de Outubro de 2004, Osama bin Laden assumiu explicitamente a responsabilidade pelos ataques.
Ele afirmou que "nós decidimos destruir as torres na América...
Deus sabe que não nos ocorreu originalmente essa idéia, mas nossa paciência se esgotou diante da injustiça e inflexibilidade da aliança entre Americanos e Israelenses contra o nosso povo na Palestina e no Líbano, e então a idéia surgiu na minha mente."

O grupo militante Islâmico al-Qaeda elogiou os ataques e os líderes do grupo haviam previamente dado a entender que tinham participação nos ataques.
De fato, pouco depois dos ataques, o governo dos Estados Unidos declarou-os, juntamente com o líder deles, Osama bin Laden, como principais suspeitos.
Em 2004, a comissão do governo norte-americano que investigou os ataques oficialmente concluiu que os ataques foram concebidos e implementados por pessoal da al-Qaeda.
A comissão que investigou os ataques relatou que, embora tenha havido contatos com o Iraque durante a presidência de Saddam Hussein, não foram encontradas "relações colaborativas" entre o Iraque e a al-Qaeda quanto ao ataque de 11 de Setembro em especial; Entretando entidades ligadas à casa branca afirmam que a al-Qaeda tinha conexões com grupos Iraquianos desde o início da década de 1990.
Porém a veracidade dessas afirmações é questionada pela sociedade civil mundial.

Entre os destroços do avião da Pensilvânia, restou praticamente intatcta a fotografia do passaporte de um dos supostos terrosistas, Ziad Samir Jarrah.

A queda do World Trade Center!! Por que o WTC caiu?

Existe muita especulação sobre as causas do efeito implosório, observado nos desabamentos das Torres Gémeas do WTC.
Embora sem precedentes na história, a razão de tal queda tão sincronizada acontecer, ainda é um mistério para a ciência que vem sendo debatida por arquitetos, engenheiros de estrutura e agências governamentais todos voltados a segurança do meio ambiente e interessadas nas respostas ao seguinte questionamento; Até que ponto, os cálculos matemáticos e as técnicas de implosão programada atenderiam ao desmanche das grandes estruturas?

Sobre as colisões, deve-se considerar que a força dos impactos com as torres foram relativamente nulas, tendo em vista o efeito trespassador observado quando as velocidades relativas são muito grandes.

Contudo a queima de 91m³ (24.000 galões) de querosene líquidos "praticamente injetados dentro das torres", somado ao design do WTC e as zonas de baixa pressão localizadas nas aberturas “as janelas panorâmicas dos andares superiores por onde os destroços da aeronave abriram fendas”, deram inicio ao efeito chaminé acelerado, tal efeito acontece quando a convecção de gases numa chaminé é apressado pelo calor de chamas em seu interior.
O alto poder calórico conseguido nesses ciclos promove uma reação semelhante ao jato de um maçarico.
Essa pois, a causa da falência localizada na estrutura do WTC e que deu inicio ao aspecto de uma implosão programada.

Esta é contudo a versão oficial.
O grande problema que se coloca é conseguir provar o que acima está descrito.

Especulações e teorias da conspiração...
A partir das fatídicas colisões contra as estruturas que formam a alma dos americanos, tem havido muita especulação sobre seu planejamento na derrubada desses ícones, em especial relacionadas com a possibilidade de haver mais seqüestradores que iriam executar o ataque surpresa.
Atrás dessa procura desesperada por informações, formou-se uma comissão para organizar as inúmeras hipóteses, no entanto até agora a comissão do 11 de Setembro não conseguiu explicar de forma racional e coerente os inúmeros fenômenos que rondam esses eventos e mesmo sabendo que existe muita informação disponível da internet, apoiada por milhares de peritos, que põe em litígio as versões oficiais do 11 de Setembro, apresentando para isso as mais variadas provas cientificas até agora nada de novo foi acrescentado, demonstrando que os políticos norte-americanos não são interessados em fazer justiça ou evitar outros ataques e sim explorar os eventos para alimentar a sua ambição política.
Um dos problemas por explicar continua a ser o buraco feito no Pentágono pelo Boeing, pois esse mesmo buraco é completamente redondo e não constam no seu perimetro a existência das asas do avião, entretando várias testemunhas afiançam que se deram 2 explosões e nessa altura não viram o embate de nenhum avião.
O quarto avião seqüestrado foi intencionalmente derrubado em um campo próximo a Shanksville, Pensilvânia, após os passageiros enfrentarem os terroristas segundo as fontes oficiais, a curiosidade é que não foi encontrado nenhum corpo ou partes deles segundo o médico legista que lá se deslocou - "Apenas observei um monte de metal calcinado como se tivesse sido jogado do ar no local e policiais de um lado para o outro, mas nem um corpo...".

O vigésimo seqüestrador...
Apesar de tudo não passar de suposição Binalshibh "O Vigésimo seqüestrador" aparentemente iria participar dos ataques, mas freqüentemente foi negado-lhe entrada nos Estados Unidos recusa essa que deve tê-lo deixado muito deprimido.
Mohamed al-Kahtani era outro terrorista em potencial, que também foi-lhe negada a entrada nos Estados Unidos no Aeroporto Internacional de Orlando em Agosto de 2001 sendo que posteriormente foi capturado e aprisionado encontrando-se hoje na Baía de Guantánamo.
Zacarias Moussaoui era considerado um substituto para Ziad Jarrah , que em certo momento ameaçou abandonar o esquema por causa das tensões entre os envolvidos.
Os planos para incluir Moussaoui nunca se completaram, pois a hierarquia da al-Qaida tinha dúvidas sobre a sua lealdade.
No fim, Moussaoui não foi inserido no seqüestro.
Os outros membros da al-Qaeda que tentaram sem sucesso participar dos ataques foram Saeed al-Ghamdi (não confundir com o seqüestrador bem sucedido de mesmo nome), Mushabib al-Hamlan, Zakariyah Essabar, Ali Abdul Aziz Ali e Tawfiq bin Attash. Khalid Sheikh Mohammed , o articulador intelectual do ataque, queria eliminar mais um membro da operação -- Khalid al-Mihdhar -- mas foi impedido por Osama bin Laden.





Vale a pena ver este vídeo...